NOTÍCIA

Vendas de SUVs premium em março: Volvo XC90 e BMW X2 batem recorde

 
Após começar o ano na quarta posição entre os SUVs premium de entrada, o BMW X1 assumiu a liderança em fevereiro e repetiu a dose em março. As 311 unidades, no entanto, representaram uma queda superior a 10% frente aos números do mesmo período do ano passado.
 
O resultado prático foi a redução da vantagem sobre o Mercedes GLA (256), que cresceu acima dos 40%. Bem menos, no entanto, do que os quase 160% de avanço registrados pelo Volvo XC40 (161). Preferido em janeiro, o Audi Q3 (160) perdeu quase 1/3 de seus compradores de 2018 e manteve o quarto lugar do último ranking.
 
 
O mês foi muito positivo para o BMW X2, que atingiu o seu recorde de vendas graças aos 128 emplacamentos, exatas 20 unidades a mais do que o Range Rover Evoque (108), que à espera da nova geração recuou mais de 50%. Atrás do Jaguar E-Pace (83), o Mini Countryman (26) vendeu menos da metade do total de fevereiro.
 
 
Na faixa intermediária, o Volvo XC60 (296) chegou a sete meses ininterruptos na liderança, com crescimento de mais de 25%. De quebra, emplacou mais do que a soma dos dois rivais mais próximos, o Land Rover Discovery Sport (175) e o Mercedes GLC (111), ambos em baixa.
 
 
Em alta de quase 50%, o BMW X3 (105) teve o seu melhor resultado no ano e se manteve à frente do Audi Q5 (92). Avançando mais de 80%, o BMW X4 (67) abriu vantagem sobre o Lexus NX (49), que também registrou forte avanço. Com ambos em quedas superiores a 50%, Jaguar F-Pace (27) e Ford Edge (11) foram os últimos colocados, já que o Porsche Macan repetiu fevereiro e passou em branco.
 
 
Após cinco meses seguidos longe do topo, o XC90 voltou em grande estilo. Com 109 emplacamentos, 36,3% a mais do que há um ano, o maior SUV da Volvo atingiu o seu novo recorde de vendas no Brasil. Preferido nos dois primeiros meses, o Range Rover Velar (90) só vendeu menos do que em dezembro de 2017 (187).
 
 
O BMW X5, que em fevereiro havia conquistado a preferência de apenas quatro consumidores, assegurou lugar no pódio com 73 emplacamentos, resultado mais forte desde as impressionantes 186 unidades de dezembro de 2016. Terceiro no último ranking, o Range Rover Sport (59) caiu uma posição, mas multiplicou por seis as vendas de 2018.
 
Fechando o top 5, o Porsche Cayenne (37) teve a menor evolução dentre os primeiros colocados e viu a aproximação do Land Rover Discovery (31). O Mercedes GLE, com apenas 21 unidades, perdeu metade dos compradores no período, mas ainda ficou em situação melhor do que o Audi Q7 (16) e o BMW X6 (10). Empatado com o Maserati Levante (2), o Lamborghini Urus (2) completou quatro meses seguidos presentes no ranking.
 

Fonte: motor1.uol.com.br