NOTÍCIA

Varejo em janeiro: Ecosport vende mais que Kicks e Renegade nas lojas

 
O ano de 2019 começou com as lojas de carros cheias. Dos 190.752 automóveis e comerciais leves emplacados no Brasil em janeiro, 63,98% foram através de negociações realizadas pelas concessionárias – em dezembro esse número havia sido de 57,53%.
 
Entre as montadoras, a Chevrolet se manteve à frente, com 19,83% do total comercializado. A VW (13,53%) foi a segunda. Já a Toyota (9,74%), terceira na última lista, foi superada pela Fiat (10,41%) e pela Hyundai (9,81%). Atrás da Ford (8,51%), a Renault (7,42%) por pouco não foi batida pela Honda (6,95%).
 
 
Inalterado desde março passado, o top 2 teve o Chevrolet Onix abrindo quase 6,5 mil unidades de vantagem sobre o Hyundai HB20 (13.277 x 6.797), com o pódio completado pelo Ford Ka (5.492). Quarto nos dois últimos meses, o Renault Kwid (4.350) foi superado pelo VW Polo (4.582) e viu de perto a aproximação do Chevrolet Prisma (4.289), nº 1 entre os sedãs, e do Fiat Argo (4.252).
 
Novamente único representante dos SUVs no top 10, o Honda HR-V (3.503) concentrou mais de 95% de suas vendas na modalidade. VW Fox (3.497) e Fiat Mobi (3.237) deixaram o Toyota Corolla (3.047) fora do pelotão de cima. Em 14º, o Toyota Yaris Hatch (2.184) subiu de 18º para 14º nas últimas semanas, deixando para trás o Renault Sandero (2.120).
 
 
Já o Ford Ecosport (2.061) vendeu mais do que o VW Gol (1.914) e do que rivais diretos em seu segmento, como Nissan Kicks (1.783) e Jeep Renegade (1.650). Chery Tiggo (631) e Kia Sportage (417) foram os únicos do top 50 a concentrar 100% de seus emplacamentos no varejo. Após meses de ausência, o Chevrolet Cruze Sport6 (507) voltou a assegurar a presença de um hatch médio entre os mais vendidos.
 
 
A Toyota Hilux, com 2.369 unidades – quase ¾ do total de janeiro -, manteve uma confortável vantagem na liderança entre os comerciais leves. Chevrolet S10 (1.233) e Fiat Toro (1.084) completaram o pódio, nesta ordem, pelo terceiro mês seguido.
 
 
A VW Amarok (652) chegou a nove meses ininterruptos como a quarta colocada. A disputa acirrada pelo quinto lugar foi vencida pela Fiat Fiorino (451), apenas seis unidades à frente da Ford Ranger. Atrás da Mitsubishi L200 (435), a Fiat Strada (346) repetiu a dose de dezembro, mas com apenas 7,2% de suas unidades negociadas pelas concessionárias da marca italiana.
 

Fonte: motor1.uol.com.br