NOTÍCIA

Picape do Ford Focus terá design e motores do Bronco Sport

 
Não é novidade que a Ford trabalha em uma picape para atuar abaixo da Ranger, um modelo monobloco com plataforma do Focus. A novidade é que o modelo terá um design inspirado tanto na Ranger quanto no SUV médio Bronco Sport, como revela a revista Motor Trend, sem citar fontes. Isso significa que o modelo terá estilo bem parrudo. Embora os flagras abaixo mostrem o veículo ainda bem camuflado, podemos notar que a frente será bem alta e angulada. A picape será feita no México tem grandes chances de vir ao Brasil, chegando em 2021.
 
Segundo a Motor Trend, por usar a plataforma modular C2 do Focus, que também serve de base ao Bronco Sport, a picape deverá adotar os mesmos motores que o crossover. Ou seja, contaria com o 1.5 Dragon turbo de três cilindros e 180 cv; e o 2.0 turbo de quatro cilindros e 250 cv, ambos abastecidos com gasolina. A transmissão seria a automática de 8 marchas e, no caso do Bronco Sport, com tração integral.
 
A fabricante confirmou a existência desta picape em janeiro de 2019, quando prometeu "novos modelos abaixo do que já temos hoje". A Ford pretende produzir o modelo no México e exportá-lo para a América do Sul e Estados Unidos. Desde que as primeiras informações foram reveladas, é dito que a picape fará sua estreia comercial no Brasil em 2021, chegando a outros mercados em 2022. Terá um posicionamento semelhante ao da Fiat Toro, não só pela construção monobloco, como também em termos de porte.
 
Um dos mistérios reside sobre o nome desta nova picape. Os dois mais cotados e que sempre aparecem nos rumores é Courier, retomando o batismo que foi usado aqui no Brasil; e Ranchero, nome forte nos Estados Unidos. Em ambos os casos, parece que a Ford quer aproveitar uma nomenclatura que tenha sido forte no passado para criar uma conexão rápida com os clientes.
 
As últimas informações, reveladas pela Automotive News, dizem que a Ford mostrou a picape para os concessionários nos Estados Unidos, em uma convenção especial. A publicação diz que os lojistas gostaram do modelo e que a marca estaria buscando um preço abaixo dos US$ 20 mil para o mercado norte-americano (cerca de R$ 110 mil na cotação atual).
 

Fonte: motor1.uol.com.br