NOTÍCIA

Novas tecnologias: faróis do futuro conversarão com motoristas e pedestres

 
Os faróis terão importância estratégica para a mobilidade do futuro.
 
Além de apenas iluminar, para que os motoristas possam ver e ser vistos, esses componentes estão ganhando novas funções, tornando-se dispositivos ativos para aumentar a segurança dos veículos cada vez mais conectados no trânsito das cidades. 
 
O VW Touareg lançado este ano na Europa, por exemplo, traz como opcional um novo sistema de faróis batizado de IQ Light, que é capaz de atenuar reflexos e interferências provocados por pisos molhados, neblina e outras fontes de luz externas.
 
E, segundo a VW, outros recursos serão adicionados ao sistema no futuro.
 
De acordo com a empresa, os faróis serão canais de comunicação dos veículos com o ambiente à sua volta (motoristas, pedestres e ciclistas), antecipando as manobras que o carro fará nos momentos seguintes.
 
Aqui mostramos algumas das novidades que estão a caminho, que foram apresentadas pela VW por ocasião da abertura de um centro de excelência em faróis que a empresa inaugurou recentemente na Alemanha.
 
Sistema IQ Light
 
Para corrigir reflexos e outras interferências, o conjunto de faróis desenvolvido pela VW conta com 40 leds controlados individualmente, que se somam a outros 80 leds fixos (por farol) responsáveis pelas outras funções: luz alta, luz baixa, indicadores de direção, luz de posição e luz diurna.
 
Canal de Comunicação
 
Painéis de micropixel com mais de 30.000 pontos de luz, instalados na dianteira e na traseira do carro, são capazes de exibir mensagens para pedestres, ciclistas e outros motoristas sobre as condições da pista, as intenções de manobra do motorista e, até mesmo, se o carro está sendo conduzido ou funcionando no modo autônomo.
 
Orientação espacial
 
Usando luzes LCD de alta definição, faróis são capazes de projetar faixas no piso.
 
À frente, eles mostram ao condutor a trajetória que o veículo irá descrever, podendo servir de substituto das faixas em caso de pavimento novo, em obras ou com sinalização apagada. Para trás, sinalizam para os pedestres o trecho que o carro irá percorrer nas manobras.

Fonte: quatrorodas.abril.com.br