NOTÍCIA

Nissan Versa foi o carro mais vendido no México em 2018

 
O México teve o seu segundo ano consecutivo de retração nas vendas de veículos novos. Após os recordes registrados em 2015 e 2016, foram comercializadas 1.421.458 unidades em 2018, 7,1% a menos do que em 2017. Dezembro, aliás, foi o 20º mês consecutivo com números negativos no segundo maior mercado da América Latina.
 
A Nissan permaneceu soberana entre as montadoras. Mesmo recuando quase 15%, a japonesa encerrou o ano com 312.034 unidades e uma participação de mercado de 22%. A vantagem em relação à Chevrolet (236.069), no entanto, caiu: de pouco mais de 106 mil para menos de 76 mil em 2018.
 
Repetindo a terceira posição de 2017, a VW (157.064) foi quem mais perdeu espaço no período dentro do top 10 (-18,5%). O grande destaque do ano foi a Kia. Atrás da Toyota, a sul-coreana, auxiliada pela produção local, emplacou 94.234 unidades – crescimento de quase 9% - e assegurou o seu primeiro top 5, à frente da FCA Mexico (88.083) e da Honda (83.821).
 
Entre os modelos, o Nissan Versa (90.883) completou três anos consecutivos no topo da preferência dos mexicanos. Completando o pódio, a Chevrolet emplacou dois modelos: o Aveo (82.035), terceiro em 2017 e líder em quatro dos cinco últimos meses de 2018, e o Beat (70.656), 11º em 2017, quando foi lançado.
 
 
Vice-líder no ranking anterior, a picape Nissan NP300 (Frontier) caiu para o quarto lugar, com 66.824 unidades. O VW Vento (56.130), o Polo Sedan da geração anterior vendido por lá, foi o quinto, sob ameaça do Nissan March (53.414). Apesar da nova geração, o VW Jetta (34.625) foi batido pelo Nissan Sentra (36.472) e perdeu a liderança entre os sedãs médios.
 
A Kia também teve destaque entre os modelos. Fora do top 20 do ano anterior, o Rio (32.904) cresceu mais de 13% e assegurou presença no top 10, bem à frente do Honda CR-V (23.649). Em seu segundo ano completo, o Nissan Kicks (21.801) foi o 12º e garantiu a liderança entre os SUVs / crossovers compactos. Equivalente ao Cobalt por lá, o Chevrolet Cavalier completou o seu primeiro ano cheio em 20º, com 16.255 unidades.
 
 

Fonte: motor1.uol.com.br