NOTÍCIA

Audi e-tron GT virá ao Brasil para enfrentar o Porsche Taycan

 
Pouco depois de confirmar a vinda do o e-tron Sportback ao Brasil, a Audi revela que já planeja trazer o seu terceiro carro elétrico ao país em 2021. Embora não tenha dito exatamente o nome, Johannes Roscheck, presidente e CEO da Audi do Brasil, deixou claro que é um modelo que já foi mostrado e, pela estratégia da marca, ele só pode ser o e-tron GT, um cupê de quatro portas que fará sua estreia mundial no 2º semestre deste ano.
 
“Agora é vez do e-Tron, mas na segunda metade do ano vai ter o e-Tron Sportback e depois vai ter um novo modelo que já foi revelado pelo mundo em protótipo para 2021”, declarou Roscheck durante a apresentação online do SUV e-tron para o Brasil. E é fácil entender porque é o Audi e-tron GT, pois a marca mostrou apenas mais um elétrico, o Q4 e-tron, este previsto para estrear no mercado apenas em 2021 e que também apareceu apenas como um conceito neste ano, enquanto o e-tron GT será revelado em sua versão de produção no Salão de Los Angeles deste ano, em novembro.
 
Apesar de ser um concorrente direto do Porsche Taycan, o e-tron GT é da mesma família, já que também utiliza a plataforma J1 do Grupo Volkswagen. Até a mecânica será próxima, usando o mesmo sistema de 800 volts para reduzir o tempo de recarga. O protótipo utilizava dois motores, um em cada eixo, entregando uma potência total de 590 cv para uma aceleração de 0 a 100 km/h em 3,5 segundos. Caso mantenha as baterias de 90 kWh do conceito, o cupê de quatro portas terá uma autonomia estimada de 400 km.
 
Seu tamanho será muito próximo do A7. O conceito já mostrava que ele será grande, com 4,96 metros de comprimento, 1,96 m de largura, 1,38 m de altura e 2,90 m de entre-eixos, enquanto seu porta-malas tem capacidade para 450 litros. Como uma alternativa para quem não quiser o SUV e-tron, o Audi e-tron GT deve custar entre US$ 70 mil e US$ 100 mil (algo entre R$ 376 mil e R$ 537 mil na cotação atual).

Fonte: insideevs.uol.com.br