NOTÍCIA

Salão de SP: VW Golf e Passat híbridos antecipam futuro “verde” da marca

 
A ordem na Volkswagen é investir em carros “verdes” em todos os mercados, tanto que trabalham em uma linha de modelos elétricos chamada I.D., que será lançada nos próximos anos. Enquanto isso não acontece, a marca prepara o lançamento de modelos híbridos e elétricos no Brasil. O primeiro deles será o Golf GTE, versão híbrida do hatch médio, confirmada para o 2º semestre de 2020 e que está sendo exibido no Salão de São Paulo, ao lado do elétrico e-Golf e do híbrido Passat GTE.
 
O Volkswagen Golf GTE é uma velha promessa da marca, tanto que já foi exibido antes no Salão do Automóvel e foi avistado inúmeras vezes pelas ruas brasileiras. O atraso, segundo a fabricante, deve-se aos testes de adaptação do carro para o mercado brasileiro, não só de seu motor (para aceitar a mistura de gasolina com etanol) como de suspensão.
 
 
É equipado com o motor 1.4 TSI de 150 cv da versão topo de linha do hatch no Brasil, com um segundo motor elétrico para gerar um total de 204 cv. As baterias podem ser carregadas com o movimento do carro ou com uma tomada, levando três horas e meia em uma tomada normal e duas horas e meia em uma estação de carga. No modo elétrico, o Golf GTE roda por 50 km, enquanto no modo híbrido ele pode fazer até 62,5 km/l, de acordo com a fabricante.
 
Será oferecido da mesma forma que o Golf Highline, com todos os equipamentos possíveis para o hatch, como a central multimídia com tela de 9,2 polegadas e controle por gestos, painel de instrumentos digital e mais. A Volkswagen ainda não fala sobre preços.
 
 
Outro modelo prometido há um tempo é o e-Golf, a variante puramente elétrica com capacidade para rodar por 300 km com uma única carga. Ao invés do motor 1.4 TSI, adota um elétrico de 136 cv e 29,6 kgfm, precisando de 9,6 segundos para chegar a 100 km/h, mas com velocidade máxima limitada em 150 km/h.
 
 
O último modelo apresentado é o Passat GTE, o segundo carro híbrido da Volkswagen. Assim como o e-Golf, ele não tem data de lançamento no Brasil. Repete o conjunto do Golf GTE, composto pelo 1.4 TSI e outro motor elétrico, mas agora gerando um total de 219 cv.

Fonte: motor1.uol.com.br