NOTÍCIA

Ford Ranger ganha motor de Mustang nos Estados Unidos

 
A Ford voltará a vender a Ranger nos Estados Unidos após um hiato de sete anos. Por lá, a picape média terá design exclusivo e mecânica completamente diferente daquela oferecida no resto do mundo.
 
Em vez dos 2.5 flex (173 cv) e dos 2.2 (160 cv) e 3.2 diesel (200 cv) oferecidos no Brasil, nos EUA a Ranger terá o motor 2.3 EcoBoost, com turbo e injeção direta, que gera 273 cv e 42,8 kgfm de torque, combinado ao câmbio automático de 10 marchas.
 
Se o motor é o mesmo do Ford Mustang de entrada, o câmbio vem das versões V8 do esportivo e também no rival Chevrolet Camaro.
 
 
O motor forte e o câmbio com mais marchas ajudaram a picape a chegar à capacidade de reboque de 3.400 kg. A Ranger 3.2 vendida no Brasil consegue rebocar 2.680 kg, enquanto a 2.5 flex fica pelos 1.700 kg.
 
Por outro lado, a versão norte-americana leva menos carga na caçamba: 843 kg, quando a 3.2 leva 1.009 kg e a 2.5 leva 1.255 kg. 
 
 
As Ranger vendidas nos EUA serão fabricadas lá mesmo e não na Argentina ou Tailândia. Por isso, também tem design exclusivo. Faróis, lanternas e grade tem estilo próprio.
 
Faróis tem luzes diurnas de led, as lanternas tem iluminação ao estilo das F-150 e a grade pode mudar de acordo com a versão, com duas barras horizontais ou fundo de colméia.
 
Atrás, a tampa da caçamba é diferente, com “Ranger” em relevo na chapa. Já o interior se difere apenas por alguns detalhes de acabamento, de acordo com a versão. 
 

Fonte: quatrorodas.abril.com.br