NOTÍCIA

Exportações de veículos passam dos 700,8 mil

 
A associação das fabricantes de veículos, a Anfavea, comemora mais um bom resultado das exportações, que bateram dois novos recordes, com o melhor resultado para o acumulado de onze meses, ao embarcar 700,8 mil unidades, e também com o melhor novembro da história da indústria, com mais de 73 mil veículos enviados a outros mercados no mês, considerando leves e pesados.,
 
“Tivemos um novembro excepcional, com recorde no mês e um acumulado recorde também”, reforça Antonio Megale, presidente da Anfavea, durante a apresentação do desempenho do setor na quarta-feira, 6, em São Paulo. “Vamos superar a previsão, acreditamos que vamos passar dos 754 mil”, completa ao estimar que o volume total deste ano ficará acima das projeções da entidade.
 
Megale destaca o esforço das montadoras em oferecer seus produtos a outros mercados, embora o volume de novembro – também o melhor volume mensal do ano – tenha sido realizado ainda sem o acordo firmado com a Colômbia: “Deve sair em dezembro”, afirmou. “A questão positiva vem do câmbio mais favorável e do avanço tecnológico dos nossos veículos, que permite que avancemos em outros mercados”, argumenta.
 
Foram de fato dois grandes resultados: o total de 700,8 mil veículos exportados entre janeiro e novembro superaram em 53,3% o de igual período do ano passado. Novembro por si só é recorde, o melhor mês de todos os registros: seus mais de 73 mil veículos embarcados representaram crescimento de 18,7% sobre outubro, cujo volume foi de 61,5 mil. Também representou aumento de 28,8% sobre novembro do ano passado, que registrou 56,7 mil embarques.
 
Apesar disso, o faturamento com as exportações ficou estável na passagem de outubro para novembro, com os mesmos US$ 1,13 bilhão, considerando leves e pesados. Segundo Megale, o registro de mesmo valor apesar do volume maior se deve ao mix de produtos – o País está exportando mais veículos de menor valor. Já sobre mesmo mês de 2016, verifica-se um aumento de 17,2% no valor. Em onze meses, a indústria acumula US$ 14,5 bilhões em veículos exportados, alta de 45,9% no comparativo anual.
 
“O valor acumulado também já está acima da média dos últimos dez anos, que é de US$ 11,9 bilhões”, informa Megale.
 
 

Fonte: automotivebusiness.com.br