NOTÍCIA

Confirmado: Novo Toyota Corolla será revelado dia 16 de novembro na China

 
Estamos publicando flagras da nova geração do Toyota Corolla com carroceria sedã desde março de 2017. Foi um longo caminho até aqui e que parecia não ter fim, ainda mais porque a Toyota decidiu mostrar primeiro o Corolla Hatchback e a versão perua Corolla Sports Touring. Só que a espera está próxima do fim, agora que a fabricante japonesa confirma a apresentação do sedã no dia 16 de novembro, durante o Salão de Guangzhou, na China.
 

A versão que estará no evento, sem dúvida, será uma feita especificamente para o mercado chinês e deve ter algumas diferenças. Ainda assim, será a primeira vez que veremos o novo Toyota Corolla e que irá adiantar muito do que veremos na versão nacional. As linhas gerais serão as mesmas, já que a Toyota encerrou a estratégia de ter estilos diferentes para o Corolla nos EUA e na Europa, unificando o design para que seja reconhecível em qualquer lugar do mundo.
 
 
A Toyota nos adianta um pouco do novo Corolla enquanto esperamos pela apresentação na semana que vem, mostrando um esboço do sedã de perfil, junto com a silhueta das outras duas carrocerias. Também temos diversos flagras do carro (mais abaixo), que entra em sua 12ª geração. E ainda adiantamos como ele deve ficar com as projeções abaixo, baseadas na versão hatch.
 
 
Não há muito segredo sobre sua parte mecânica, já que deve adotar as mesmas motorizações utilizadas pelas versões hatch e perua. Terá um novo motor 2.0 com injeção direta, que entra no lugar do 1.8 nos EUA e Europa. Gera 170 cv e 21,4 kgfm de torque, podendo ser acoplado ao câmbio manual de 6 marchas ou a um automático do tipo CVT, que recebeu melhorias. A grande novidade é a adoção de um conjunto híbrido semelhante ao do Prius, com um motor 1.8 e outro elétrico. E que deve ser usado no Brasil, motivo pelo qual a fabricante trabalha no desenvolvimento do Prius flex, permitindo que use etanol.
 
Para poder produzir o novo Toyota Corolla no Brasil, a fabricante investe R$ 1 bilhão na fábrica em Indaiatuba (SP), adequando o complexo para que possa montar carros com a plataforma modular TNGA. A empresa deu um prazo de um ano e meio para finalizar a atualização do complexo, o que empurra o lançamento do novo Corolla para 2020.

Fonte: motor1.uol.com.br